Seguro viagem para Orlando

É sempre uma complicação decidir onde fazer o seguro viagem e as perguntas do tipo: “devo ou não fazer um seguro para ir para os EUA?” sempre aparecem. Pensando em te ajudar vocês, resolvemos escrever este artigo para dar dicas dos sobre essa dúvida: fazer ou não fazer seguro viagem? Vamos lá?

A primeira pergunta básica: Vale a pena fazer um Seguro Viagem?

Galerinha, seguinte, o fato é que estar no meio de multidões, compras sem fim, parques de diversão com MUITA DIVERSÃO, alimentação e clima diferentes dos que estamos acostumados, com certeza nos colocam em riscos, mesmo que sejam pequenos. Não estamos rogando praga em ninguém, longe disso, mas como diz o ditado: seguro morreu de velho. Já pensou se acontece alguma coisa? O quê fazer? Se você pensou em “Seguro Viagem”, BINGO… você acabou de ganhar uma estrelinha, mas se você esqueceu do seguro e pensou em batata-frita (talvez  porque está com fome), pode ficar com a estrelinha também, porque aqui o que vale é aprender e não ganhar estrelas, além disso, adoramos batata frita.

vacinas-seguro-viagem-bemmaisseguro.com_

Muito bem, para dar um pouco de informação, nos EUA, somente uma parcela bem pequena da população tem atendimento de saúde gratuito do governo, por isso se você quebrar uma perna ou pegar uma infecção terá de pagar muito caro para colocar um gesso ou conseguir uma receita de antibiótico. Só para dar um exemplo, em Orlando gasta-se em média, $50 para cada raio-X que você precisar e $170 por consulta médica. Tá fácil não, né? E se você tiver algo mais grave e necessitar ser internado, xiiiiiiii…. prepara o bolso pra gastar.

Quase sempre não contamos com esse tipo de coisa, mas é sempre bom estar preparado. Além disso, se acontece alguma coisa fora do seu país, você vai querer receber um bom atendimento, certo? Se você se preocupa em colocar o carro no seguro, porque não a saúde?

Um seguro para uma viagem curta para os Estados Unidos, se você pegar um super plano deve gastar uma média de uns 200 reais e vale muito a pena, caso alguma coisa aconteça com você no exterior. Este é um risco que você não vai querer correr, verdade? Então recomendamos escolher um plano que saúde que atenda a sua necessidade e seu orçamento, claro!

Como funciona o seguro viagem?

O seguro viagem padrão funciona assim: caso você precise de atendimento médico, basta ligar no 0800 (1-800) fornecido pelo plano e eles vão te indicar qual o hospital ou médico indicado mais próximo de onde você está. No final da consulta, você paga o hospital, envia o comprovante para o seguro viagem e eles te reembolsam depois. Fácil, né?

Alguns planos e hospitais mais avançados cobram diretamente do plano sem você ter que pagar antes (Este é sensacional!). Para isso, normalmente você vai precisar indicar seu seguro viagem na ficha de entrada quando chegar ao hospital ou seguir alguma orientação específica que o plano te deu durante a ligação. O importante é que a seguradora sempre indica os procedimentos para ter o seu atendimento e por isso vale pesquisar e escolher bem o seu seguro.

seguro-viagem_malas-e-dinheiro

Como escolher o seu seguro viagem?

Pesquisa é a primeira coisa que você deve fazer. Isso mesmo, nessas horas é bom recorrer ao google. Não basta fazer um plano e selecionar apenas pelo melhor preço, que você ainda assim pode se dar mal na sua viagem. Também não adianta pegar o mais caro para “garantir” e não avaliar de fato, se é o melhor serviço. É importante avaliar o preço, cobertura do plano, forma de atendimento e se possível, a opinião de quem já usou. Isso é fundamental, galera. Assim você terá todas as informações para escolher um plano com bom custo-benefício, de qualidade e confiável.

Aqui vão algumas opções para você pesquisar:

  • AssistCard
  • ISIS
  • PortoSeguro
  • Mondial

Além desses, uma boa dica é checar com o seu plano de saúde se eles já oferecem algum seguro viagem incluso no plano. Isso pode ajudar e facilitar muito, pois muitos planos de saúde trazem este adicional. Fica a dica, hein!

E aí, acha que vale fazer o seguro antes de viajar ou prefere arriscar e poder encarar uma conta salgada no final da viagem?

Comentários

comments

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *