Quais as regras da alfândega brasileira?

O Dólar não está lá em seus dias mais baratos, sabemos bem disso. Mas ainda assim, compensa e muito fazer compras nos Estados Unidos. E, sem sombra de dúvidas, você trará algo consigo de sua viagem para a Flórida. Mas quais as regras para a entrada em nosso solo?

Se aplicando para qualquer viagem internacional, quer seja a sua entrada por avião, navio ou a pé, existem regras a serem seguidas na fronteira brasileira. A alfândega ou a Aduana estará lá na sua entrada para controlar a entrada ou saída de mercadorias de nosso país, fazendo a cobrança dos impostos devidos.

Cada brasileiro, por regra, pode trazer dos EUA uma cota de até US$ 500 dólares em bens na sua bagagem. Essa regra é pessoal e ligada a cada CPF, portanto, você não pode aproveitar o que “sobrou” da cota de seu amigo ou familiar.

Como não ter problemas na alfândega?

Bem, estar a par de todas as regras é o primeiro passo. Seguindo a regra dos 500 dólares, a dica aqui da Azul Travel é dividir os itens em todas as malas do grupo que você estiver, a fim de procurar estar sempre o mais próximo do limite imposto. Após passar pela aduana e chegar oficialmente no Brasil, basta destrocar os itens.  

Felizmente, alguns itens não entram nessa cota dos U$S 500, mas estes devem seguir alguns requisitos. Por exemplo: Itens de higiene e vestuário, devem apresentar-se como usados. Ou seja, sem etiqueta. O mesmo vale para celulares e relógios – tudo fora da caixa e, possivelmente, levando no bolso.

Livros e periódicos também não entram na cota dos U$S 500, então pode perder as estribeiras se o seu interesse for a compra de livros, ok?

Cuidado com a divisão dos itens

Existem algumas regrinhas específicas para a quantidade dos itens, independente deles estarem dentro ou fora da cota de 500 dólares:

  • Bebidas alcoólicas: 12 litros ao total;
  • Cigarros:  10 maços ao total (20 unidades cada);
  • Fumo: 250 gramas no total;
  • Bens superiores a 10 dólares: até 20 itens, até 3 idênticos;
  • Bens inferiores a 10 dólares: até 20 itens, até 10 idênticos;

E se eu passar da cota dos 500 dólares?

Bem, nesse caso, você teria de pagar o imposto de importação, que é o valor de 50% do valor excedido. Um imposto bem salgadinho que pode estragar o fim de uma viagem de sucessos, certo?

Organização e planejamento é tudo

Procure sempre estar com tudo organizadinho para o momento que entrará no Brasil, para que não passe nenhum tipo de vexame na fronteira. Conte conosco aqui da Azul Travel para tirar toda dúvida que você tiver no curso de sua organização de viagem conosco!

Aguardamos seu contato desde já para que juntos possamos alinhar sua viagem aqui para a Flórida! 😀

 

Postagens relacionadas

Comentários

comments

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *